sábado, 16 de fevereiro de 2013

Hidratação para cabelo

Durante as férias, o cabelo desfruta de uma liberdade pouco habitual, uma vez que está mais exposto ao ar e não é submetido a penteados tão complexos. Em , contrapartida sobre os efeitos do sol, do cloro, da areia e do sal , os piores inimigos de um cabelo saúdavel e brilhante.


Os raios ultra violeta modificam a esrtrutura da fibra capilar e degradam as ceramidas – camada externa que proteje o cabelo – abrindo as cuticulas provoca a perda de pigmentos, proteinas e água. Os fios tornam-se, por isso, mais quebradiços e formam as tão odiadas pontas duplas. Como estão irregulares, os fios impedem que a luz seja reflectida, conferindo um aspecto opaco e sem brilho.


Além disso, as altas temperaturas aumentam a actividade das glândulas sebáceas, promovendo a oleosidade do couro cabeludo. Os cabelos secos sofrem mais do que os oleosos, já que a sua condição natural sóma-se o efeito do cloro das piscinas e da água do mar que o enfraquecem ainda mais.A água concentra a radiação solar no cabelo humido e aumenta a vaporização, o que provoca uma ainda maior desidratação.


Os cabelos pintados sofrem ainda mais e perdem a sua tonalidade, uma vez que o contacto contínuo com o cloro provoca uma oxidação, que altera a cor da tinta. Se a tudo isto somarmos a areia, muito abrasiva, e o vento, que electriza os fios, o resultado é um cabelo que mete mais medo que um filme do Stephen King. Mas, felizmente, nada está perdido. Não tem de ir a correr para o salão e rapar o cabelo. Existem tratamentos adequados para depois das férias, que lhe garantem um cabelo bonito e sedoso para que brilhe na próxima estação.


Queda de cabelo


Para conseguir identificar os probremas no seu cabelo, é importante conhecer o respectivo ciclo natural. Como tudo o que vive, o cabelo tem um ciclo vital: nasce, morre e cai. Durante a fase de crescimento, que dura entre três e seis anos, as células do folículo piloso – o qual faz parte da raiz do pêlo – multiplicam-se e queratinizam-se, alimentadas pela circulação sanguínea, favorecendo o seu desenvolvimento.


O diâmetro do fio cabelo cresce e o cabelo atinge o seu comprimento máximo. O crescimento é depois interrompido por uma fase de repouso, que dura entre três a quatro semanas, durante a qual o folículo se atrofia e se retrai em direcção à supericie. A fase final de repouso é um período de eliminação, que dura entre dois a quatro meses, no qual o cabelo morto cai e deixa espaço para o novo, dando início a um novo ciclo.


Assim, cerca de 40 a 100 cabelos são perdidos diariamente devido ao ciclo natural de crescimento do cabelo. Esta constitui a queda de cabelo normal – que é visível na banheira ou na escova. Nos folículos saudáveis, estes cabelos ,serão ,substituidos, rapidamente por fios novos. No entanto, quando a queda ultrapassa estes valores, é sinar de que algo não está bem e deve, por isso, procurar a origem do problema.


São numerosos os factores que podem influenciar o ciclo natural e crecimento e renovação do cabelo, dos quais o mais grave é a alopecia, na qual o numero de cabelos que se desprendem por dia supera a centena e os fios que restam se tornam finos e se partem com facilidade. A hereditariedade, a gravidez e o parto, a menopausa, a ingestão de diversos medicamentos, a sensibilidade dos folículos, a diabetes, problemas da tiróide, alteraçoes metabólicas, tais como a falta de ferro, podem estar na origem da queda excessiva de cabelo.


Também as mudanças de estação, sobretudo do Verão para o Outono, alteram a proporção entre o cabelo em desenvolvimento e o cabelo em decadência. As suas consequências só se manifestam geralmente após dois ou três meses, em pleno Outubro, uma vez que, seguindo o ciclo vital, quando o cabelo cai definitivamente, já está morto há cerca de 12 semanas. Há, por isso, que ter cuidados extra durante as férias e depois delas.


Cuidados com o cabelo


Com o regresso ao trabalho chega também o momento de por mãos à obra e devolver a vitalidade aos seus cabelos. Neste objectivo, a alimentação ganha um papel de destaque. A vitamina PP – que está presente na levedura de cerveja, nos amendoins, no fígado, na carne de vaca, no pato e nas sardinhas – reforça a tonicidade dos capilares sanguíneos. Por sua vez, a vitamina 86 – presente no gérmen de trigo, nos produtos lácteos e também na levedura de cerveja – incide no processo de elaboração do cabelo.


Inclua estes alimentos no cardápio e não tardará a ver os resultados. Além destes, da próxima vez que for às compras inclua no cesto vegetais de folha escura (couves, rúcula, brócolos), cereais integrais e ovos. Os seus cabelos agradecerão e a sua auto-estima também.


Se durante todo o ano deve ter cuidados com o seu cabelo, nesta fase estes devem ser redobrados. Depois do Verão, um bom corte é o primeiro passo, pois o cabelo recomeça a crescer com força e inicia a regeneração. Para devolver a suavidade e o brilho perdidos, a chave reside na lavagem. O champô deve ser sempre de uma fórmula suave; e a água com que os molha e enxagua deve estar morna ou fria. Evite os champôs com altos indices detergentes, pois deixam o cabelo crespo e sensível.


Tal como a pele, os cabelos precisam de mimos. Durante o Inverno, uma máscara por semana é suficiente, mas nesta época, em que está mais danificado, deve fazê-la duas vezes por semana. Após o champô, a máscara deve ser espalhada por todo o fio de cabelo, desde as raízes às pontas. Para conseguir uma óptìma absorção, coloque uma toalha aquecida em torno do cabelo e deixe actuar durante 15 minutos. Nos dias em que lavar e não colocar máscara, pode optar por um amaciador. Não esqueça também um sérum para repar as pontas danificadas. Se possível, fique longe do secador.


Contudo, se não consegue viver sem ele, use-o com moderação, secando o cabelo no sentido raízes pontas, de forma a acompanhar a formação da fibra capilar e evitando as escovas. Prefira os pentes de dentes largos. Se quiser fazer coloração, adie-a pelo menos um mês depois do seu último dia de praia, para dar tempo ao cabelo de se reestruturar. Por fim, evite lavá-lo todos os dias. Opte por apanhados bonitos e naturais, que lhe garantem um ar elegante em qualquer ocasião.

Sem comentários: