sábado, 16 de fevereiro de 2013

Ginecomastia – Lipoaspiração ou Remover excesso de glandula mamária

O aumento do peito no homem designa-se ginecomastia. Pode ser de causa hormonal, constitucional ou por excesso de peso. O aumento pode ser de gordura localizada ou por aumento da glândula mamária ou ainda e mais frequentemente por uma associação de ambas.

A ginecomastia causa habitualmente mau-estar e certo grau de insegurança no homem especialmente, quando exposto na praia, ginásio ou nas relações íntimas.

Ginecomastia – Lipoaspiração ou Remover excesso de glandula mamária

A sua correcção é efectuada removendo-se os tecidos que estão em excesso. Nos casos em que predomina a gordura pode ser corrigido com lipoaspiração. Nos casos em que existe bastante glândula mamária esta é removida através de uma pequena incisão na parte inferior da areola. Esta cicatriz com o tempo torna-se imperceptível.

A anestesia utilizada é a sedação e pode ser efectuada em ambulatório. Os pontos são removidos ao fim de 8 dias. É recomendado o uso de colete para compressão elástica durante 15 dias. Durante 1 semana não deve efectuar esforços. Alguns homens, após emagrecerem muito, permanecem com o aumento da glândula mamária agravado pelo excesso de pele causado pelo emagrecimento. Nestes casos será necessário a remoção do excesso de pele que deixará uma cicatriz circular à volta da areola ou mesmo uma cicatriz em T invertido, nos casos extremos.

Sem comentários: