quinta-feira, 4 de março de 2010

Os ciclos menstruais irregulares são sinal de fertilidade?

Os ciclos menstruais irregulares são sinal de que há um problema de fertilidade?
Um ciclo é considerado irregular se houver uma variação superior a sete dias de mês para mês. Os períodos irregulares ou os períodos que são muito escassos quando acontecem (um ou dois dias de ligeiro sangramento ou perdas de sangue) podem indicar que você sofre de algum desequilíbrio hormonal.

Se os seus períodos distarem mais de 35 dias uns dos outros, se tiver apenas entre quatro a nove períodos por ano e se eles forem irregulares e imprevisíveis, você sofre de um problema denominado oligomenorreia, Isto não significa necessariamente que será incapaz de engravidar, mas pode ser difícil prever quando estará no seu momento mais fértil usando os métodos normais. Os métodos alternativos incluem kits de testes de ovulação, mas estes podem não ser adequados para todas as mulheres. Uma maneira de prever a ovulação é submeter-se a uma detecção folicular, em que os ovários são examinados de forma regular através de um aparelho de ultra-sons para determinar a altura em que se aproxima a ovulação.

A oligomenorreia pode ser causada muitas vezes por factores relacionados com o estilo de vida, que incluem:
- Stresse
- Nutrição deficiente
- Excesso de exercício físico
- Peso
- Viagens frequentes.

Reduzir o stresse, manter a forma sem fazer exercício de forma obsessiva e fazer uma alimentação equilibrada que lhe forneça todos os nutrientes de que precisa vai ajudar o seu corpo a funcionar no seu melhor, incluindo em termos hormonais, por isso deve começar por aí se sofrer de períodos irregulares.

Também deverá consultar o seu médico assistente para ter a certeza de que não sofre de qualquer problema clínico subjacente, como por exemplo síndrome do ovário poliquístico ou doença da tiróide.

Os meus períodos em geral distam menos de 21 dias uns dos outros. lsso é um problema?
Os ciclos muito curtos podem constituir um problema.
Em alguns casos, a ovulação vai ocorrer muito cedo (por exemplo por volta do 7º dia) e não há tempo suficiente para que o óvulo atinja a sua plena maturidade antes de ser libertado. Outras mulheres podem ter um intervalo reduzido entre a ovulação e o período seguinte (a fase lútea), Se esta fase tiver uma duração inferior a 10 dias, não haverá tempo suficiente para que o óvulo fecundado possa implantar-se.
Se os seus períodos forem muito juntos, deverá discutir isso com o seu médico assistente ou com um especialista.

Sem comentários: