terça-feira, 30 de março de 2010

Efeitos psicológicos da infertilidade masculina?

Quais são os efeitos psicológicos da infertilidade masculina?
Os homens associam a sua fertilidade em grande medida à sua virilidade - e a nossa cultura encoraja esse facto - e é sempre um grande choque e um tremendo golpe psicológico quando um homem descobre que há algo de errado consigo. Muitas vezes ele acha que desapontou a sua companheira e sente-se terrivelmente culpado por estar a fazê-la passar por tantas provações por causa de algo que percebe ser culpa sua. Em consequência disso, é
normal que ele se sinta deprimido e diminuído enquanto pessoa. Estes sentimentos serão ainda mais acentuados se a qualidade dos seus espermatozóides não puder ser melhorada e se ele e a sua companheira precisarem de submeter-se a um tratamento de fertilidade para poderem conceber. Os problemas da impotência e/ou da raiva perante a aparente situação de injustiça são também comuns e provocam tensão no casal.

O apoio por parte da mulher é essencial nesta situação assim como também o é a procura de conselho médico especializado para que o homem possa ser ajudado a manter o seu optimismo. É importante que o casal continue a conversar entre si, embora o homem possa achar isso bem diffcil mediante as circunstâncias.
Os homens devem ser encorajados pois um diagnóstico de infertilidade, graças aos avanços da medicina, não é devastador como o era antigamente. Na verdade, pode fazer-se muita coisa para permitir que os homens gerem crianças de forma natural ou através da concepção assistida. Assim, se se deparar com a situação cada vez mais comum de sofrer de um problema de infertilidade, deverá ter em mente que continua a ter probabilidades de poder gerar uma criança.

Sem comentários: