quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Bioplastia Peniana

As técnicas corretivas com preenchimento de imperfeições de qualquer parte do corpo ou do rosto são cada vez mais usadas nas clínicas brasileiras. As grandes cidades e as capitais têm excelentes profissionais que atendem estes casos de pacientes que buscam através da bioplastia o preenchimento de partes do corpo que não satisfazem as suas concepções de funcionalidade ou estética. A tecnica basicamente se resume em injetar um líquido naqueles locais do corpo que precisam ser corrigidos. O preço deste processo é muito menor que o de uma cirurgia plástica .

Embora este método não venha substituir a cirurgia ele veio atender grandes possibilidades de correções com menos agressões ao corpo. Se numa cirurgia há muitos edemas e manchas arroxeadas em função do procedimento, este método é muito menos agressivo e o resultado é percebido na hora da aplicação. Estudos feitos dizem que o produto não é cancerígeno visto que já vem sendo utilizado há um longo tempo na medicina curativa e na medicina estética. O líquido usado para injetar na bioplastia é um derivado do petróleo que tem o controle da ANVISA – Agência de Vigilância Sanitária. É um produto que também é usado na prótese de quadril, na oftalmologia e na neurologia. As correções tanto podem ser no rosto ou em quaisquer outras partes do corpo como glúteos, bíceps, tríceps e pênis.

A bioplastia peniana tem como função aumentar o perímetro (espessura) do órgão o que acontece já na hora da aplicação. Este método não é cirúrgico e pode preencher as camadas da pele mais profundas permitindo que o pênis tenha seu perímetro aumentado. O líquido é injetado através de “caninhos finos” e a quantidade é previamente estipulada por uma avaliação médica. Junto com a bioplastia peniana são aplicadas outras técnicas que podem aumentar o pênis também no comprimento e assim satisfazer a correção necessária atendendo a expectativa do paciente. Para este procedimento, é aplicada uma anestesia local e não precisa o paciente ficar internado na clínica podendo voltar as suas atividades normais na mesma hora. É uma aplicação definitiva, mas que permite um aumento em outra aplicação se assim for indicado.

A bioplastia peniana vem atender a muitas queixas de pacientes que se sentem insatisfeitos com o volume do órgão. Durante a aplicação do líquido o paciente acompanha o procedimento através de um espelho e pode dar opinião referente ao do pênis desejado. Depois da aplicação o corpo se organiza e o tecido em algum tempo já está completamente adaptado ao produto. Esta não é recomendada para os seios, neste caso a melhor ipótese seria a mamoplastia de aumento, porque ela pode confundir os resultados de exames como mamografias ou ultra-sonografias mamárias, mas para as demais partes do rosto e corpo é amplamente recomendada devido aos seus excelentes resultados.

Sem comentários: